segunda-feira, 6 de julho de 2009

Bonitinhos... mas ordinários! Cuidado com os Cnidários!

Aqui para as bandas do Norte e maioria do Nordeste, julho é sinônimo de praia :)
Mas é preciso ficar atento a algumas observações para que as férias sejam de todo maravilhosas e sem acidentes.
Desta vez, não estou me referindo a acidentes automobilísticos, mas sim, a pequenos acidentes que um pouco de cuidado ajuda a prevenir.
Você olhou bem para as imagens desta postagem?
Já viu algum animal semelhante a estes???
Sim... animal!!!!!
Eles pertencem ao Filo dos Cnidários. Invertebrados que tem como característica serem dotados de células que carregam um líquido que causa queimadura quando seus tentáculos entram em contato com a pele.
É muito comum acidentes nas praias envolvendo estes animais e humanos, porque seduzidos por suas cores, e por sua originalidade, algumas pessoas tentam pegá-los, e é aí que elas se queimam, precisando as vezes de cuidados médicos.
Vale lembrar, que em caso de queimaduras, nada de passar vinagre, creme dental ou qualquer coisa similar.
O melhor é procurar ajuda médica, ou no caso de estar na praia, os salva vidas do corpo de bombeiros.
Ahhhhhhhh! Vale aqui um pedido: nada de matar estes animais ok? Eles tem um papel importante na cadeia alimentar aquática, e nada causam, a não ser que nos aproximemos deles.
No mais... vale contemplar e fotografar para guardar de lembrança... eles são belíssimos aos olhos :)
Beijão amados! Bom dia!!!

3 comentários:

Biosfera disse...

Belas imagens e bom contéudo!

Parabéns pelos textos e pelo blog.

Pois é os cnidários são muito atraentes pelas suas formas, colorido e presença. Porém... é melhor observar de longe hehehe


abração


visite-nos!

Dayane Vasx. disse...

adoreei as fotos , e muito interessante o seu blog . Lembro que eu fui queimada por um cnidário, quando era bem pequena. Eu achava que era uma bolha de sabão , fui pegar e me queimei ,sei lá, peguei tipo um choque .

Dani Benaion disse...

Oi Day!
Pois é, eu nunca fui queimada por uma dessas, mas sei que dói, todos que relatam, descrevem como uma experiência única mas que eles jamais querem repetir.
Volte sempre!!!

Beijão